domingo, 23 de abril de 2017

Citações de Edgar Allan Poe


HELLO LITERÁRIOS, no post de hoje peguei algumas das citações/frases do nosso querido e horripilante Edgar Allan Poe... São citações incríveis assim como Poe, peguei apenas algumas mas poderia passar horas e horas pegando livros/poemas/citações ou apenas lendo-as. Então vamos ler o post?


  • Para se ser feliz até um certo ponto é preciso ter-se sofrido até esse mesmo ponto.
  • Tudo o que vemos ou parecemos, não passa de um sonho dentro de um sonho.
  • Convencido eu mesmo, não procuro convencer os demais.
  • Só eu, só eu amei o amor de meus enganos.
  • Tornei-me insano, com longos intervalos de uma horrível sanidade.



Então esse foi o post, espero que vocês tenham gostado é até mais...
Me sigam nas redes sociais:
Instagram: @laurinhalemos / Snapchat: lauralllemos / Twitter: @dreamy_she

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Poderíamos casar.

HELLO LITERÁRIOS, no post de hoje vamos começar um "novo quadro", que vão ser textos achados pela internet perdidos, eu espero que vocês gostem ~e se alguém que estiver lendo isso, foi o autor entre em contato com o blog~... Vamos ler o post?  



     Poderíamos casar. Não chegaríamos sequer perto de exemplo de família perfeita. Teríamos um aparto, quem sabe uma casa com jardim e um cão com pelo brilhante. Improvável. Tomaríamos café as cinco da tarde. Você reclamaria o fato de eu ligar o chuveiro horas antes de ir para o banho. Eu, por você ter arranhado meu CD de jogo favorito. Eu não admitiria o quanto você fica bonito quando bravo e você não diria que lembra da cor do sapato  que eu usei quando nos vimos pela primeira vez. Discordaríamos quanto a cor das cortinas.

     Não arrumaríamos a casa diariamente, beberíamos juntos em algum clube no final de semana. A geladeira seria repleta de congelados e coca-cola, o armário, de porcarias. Adiaríamos o despertador umas trinta e duas vezes só para ficarmos hora na cama enrolando e falando qualquer besteira. Você me ensinaria alguma coisa sobre futebol, e eu te convenceria a assistir aquele filme no cinema. Sentaríamos na sala de pijama e pantufas, você iria direto para o caderno de esportes no jornal e eu comentaria alguma notícia qualquer.

     Você saberia o nome do meu perfume, eu saberia onde você largou a última edição da revista de música. Sairemos para jantar em algum dia de chuva e não nos importaríamos em chegarmos encharcados. Dormiríamos com o computador ligado. Nos beijaríamos no meio de alguma frase. Você pegaria nos sono com amão no meu cabelo e eu, escutando sua respiração.

     Eu riria sem motivo e você perguntaria o porque, eu não responderia. Saberíamos. Poderíamos casar.




Então esse foi o post, espero que vocês tenham gostado é até mais...
Me sigam nas redes sociais:
Instagram: @laurinhalemos / Snapchat: lauralllemos / Twitter: @laurinhalemos

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Conta para nós Laura: Quem é você, Alasca?

HELLO LITERÁRIOS, no post de hoje vamos para um novo quadro no blog que se chama: conta para nós Laura,e o livro escolhido foi: Quem é você, Alasca? Não quero enrolar muito então vamos ler? *Se gostar do post compartilha com os amigos.*




"...se as pessoas fossem chuva, eu seria garoa e ela, um furação..."


Sinopse: Miles Halter é um adolescente fissurados por célebres ultimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte chamou de o "grande talvez. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para seu labirinto e o catapultará em direção ao "grande talvez"


"Tenho medo de fantasmas, Gordo. E minha casa está cheia deles."





Historia: Quando Miles ou melhor o Gordo decide ir estudar na Culver Creek ~aonde seu pai estudou quando adolescente~, Gordo conhece um mundo totalmente "novo", ele que era um garoto "exemplar" agora bebe e fuma com seus colegas; Alasca, Takumi, Coronel, o livro e todo um segredo assim como Alasca você acaba descobrindo tudo junto com os personagens; muitas coisas acontecerão dentro da Culver e nunca se esqueça o que a conte na Culver Creek fica na Culver Creek. A não ser que seja uma morte. O livro acontece antes e depois ~antes e depois do que? Você só vai saber se ler~. O livro também não "narra" só a vida do Miles, ele passa pela a vida da Alasca e do Coronel o que deixa a historia mais "divertida"


"As vezes, não entendo você", eu disse. Ela nem mesmo olhou para mim. Apenas sorriu para a tevê e disse: "Você nunca me entende. Essa é a graça."


Minha opinião: O livro tem uma narrativa muito boa, é uma leitura rápida e divertida, eu sempre gosto de lembrar que não seria uma ideia legal alguma "criança" ou pessoas menores de 12 anos ler esse livro por causa de usa linguagem um pouco "explicita"... como vocês devem saber Alasca não tem papas na língua, o que acaba deixando o livro um muito mais "adulterado", mas caso você não tenha problema com isso vai conseguir ler numa boa. Na minha opinião esse é um dos melhores livros que tem adolescente, e eu gostaria muito que tivesse uma continuação se não houvesse a morte de tal personagem ~OLHA O SPOILER~. Então com certeza esse é um livro que eu imploro para todos lerem pois vale MUITO apena ~na verdade não vale a pena vale a galinha inteira~. 


 "O que acontece depois da morte? era. Bem alguma coisa. Talvez."





Informações Básicas:
Titulo: Quem é você, Alasca?
Autor: John Green
Numero de paginas: 226 *contando com um bônus que tem daria 228*
Editora: WMF Martins


"Por fim, concluí que as pessoas acreditavam na vida após a morte porque não suportavam a alternativa."



Então esse foi o post, espero que vocês tenham gostado, até mais e que sua estante trasborde de livros...


Me sigam nas redes sociais:

Instagram: @laurinhalemos / Snapchat: lauralllemos / Twitter: @laurinhalemos

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Citações do Pequeno Príncipe

Hello literários, no post de hoje vamos falar de um livro que marco a infância de várias crianças ~inclusive a minha~ que é o Pequeno Príncipe... Então no post, eu trago algumas das minhas citações favoritas do livro.



  • "Não preciso de ti. Tu não precisa de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar, ambos precisaremos, um do outro."
  • Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.
  • "Se tu vens ás quatro da tarde desde às três eu começarei a ser feliz."
  • "E loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou. Entregar todos os teus sonho porque um não se realizou..."
  • Sempre há uma outra chance, uma outra amizade, um outro amor, uma nova força. Para todo fim, um recomeço.
  • Não lhe direi as razões que tens para me amar, pois elas não existem. A razão do amor é o amor.
Então esse foi o post, espero que vocês tenham gostado e que sua estante transborde de livros, até mais...
Me sigam nas redes sociais:
Instagram: @laurinhalemos / Snapchat: lauralllemos / Twitter: @laurinhalemos

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

É, tchau 2016




O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história.


     O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e o AGORA.Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais... mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?
Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho? Quero viver bem.

     Este foi um ano cheio.Foi cheio de coisas boas, mas também cheio de problemas, perdas e desilusões.Normal.Às vezes se espera demais das pessoas. Normal. A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou. 

     Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança? O que eu desejo para todos nós é sabedoria! E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência! Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. 

    O nosso desejo não se realizou? Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de um lance que eu adoro: CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE). 

    Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano.
Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes. 


     O NOVO ANO pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. O NOVO ANO pode ser o bicho, o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular... ou... Pode ser puro orgulho! Depende de mim, de você! Pode ser. E que seja!!!

Feliz olhar novo!!!
Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensarmos tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"



~Eu dona do Estante Literária desejo tudo de bom para você e sua família, e para TODOS.


Me sigam nas redes sociais:
Instagram: @laurinhalemos / Snapchat: lauralllemos / Twitter: @laurinhalemos

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Meu pedido de natal.


  


É difícil ser deixar um pouco de enxergar através dos olhos encantados pela magia do natal. Como explicar que lembrar o natal como nascimento de Jesus e esquecer um pouco da figura marqueteira do Papai Noel?


    O Natal é o período em que grande parte das pessoas se reúnem para confraternizar, perdoar, pedir perdão, enfim.... Fazer tudo aquilo que não está acostumada a fazer em outros períodos e que também possivelmente não fará depois do Natal.


     Além disso, dê-lhe festa, comilança, beberagem... Tudo para celebrar a PAZ, a bondade, a solidariedade, o amor, a amizade e essas coisas todas. Já as angústias dos angustiados aumentam, as esperanças dos esperançosos aumentam, as saudades dos que estão distantes aumentam.Tudo ajudado pela programação televisiva e outros apelos ao consumo e ao sentimentalismo. Enfim, é Natal.

   Porem para grande maioria não existe Natal BOM sem dar e receber muitos presentes, é preciso encontrar a família de qualquer jeito. Não pode ser a semana que vem, ou na semana anterior. Tem que ser no Natal. Mesmo que os preços depois do Natal baixem, as passagens fiquem mais baratas, o trânsito fique mais leve, as linhas telefônicas fiquem desobstruídas...Esbanja-se comida, é época de fartura, mesas repletas, supermercados lotados, mesmo sabendo que muitos não tem sequer um pão para dividir... Mas, para que lembrar deles? Estamos esperando a chegada do Papai Noel e o nascimento de Jesus Cristo, que pelo que sei, nunca pregou nada disso. 

   Então vamos esbanjar, lotar os lixos com sobras, abraçar alguns até por obrigação, para quem sabe daqui um ano possa dar outro abraço.
E assim o verdadeiro sentido do Natal se perde cada vez mais!

    Que o sentimento de perdão, de amor e de fé faça parte de você não somente essa noite, mas sim todos os dias do ano, que Deus habite seu lar sempre, que sua mesa tenha a fartura necessária para que não falte aos que tem fome e que a reunião familiar aconteça com o mesmo entusiasmo e alegria como o dessa noite, que Jesus Cristo faça com que esses abraços se repitam diariamente e que a solidariedade ensinada por ele, não seja a de dividir somente entre parentes e amigos mais sim com quem necessita o ano todo.

Esse é meu desejo...

Então esse foi o post, espero que vocês tenham gostado é que sua estante transborde de livros...E um feliz natal.

Me sigam nas redes sociais: 
Instagram: @laurinhalemos 
Snapchat: lauralllemos 
Twitter: @laurinhalemos

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Fatos Literários - Sobre mim.



Hello literários, nada melhor que no primeiro post eu falar um pouco sobre mim né? Então vamos começar com meus fatos literários;

  1. Minha paixão por livros começou "literalmente" esse ano.
  2. Já tinha lido algumas coisas, mas achava perda de tempo
  3. O livro mais rápido que eu li foi: Trabalhar no paraíso pode ser um inferno
  4. O que nos levar para esse fato, demorei apenas um dia
  5. Meu autor favorito do momento é o Dawn Brown
  6. E meu livro do momento é Código da Vinci
  7. Quando se trata de livros qualquer coisa para mim e motivo de chorar ou estar rindo
  8. Se eu fosse ser uma personagem gostaria de ser Sophie Neveu
  9. Adoraria publicar um livro
  10. O que nos leva ao ultimo fato: Se fosse escrever um livro já teria em mente 2 historias 
Então esse foi o post, espero que vocês tenham gostado é até mais e que sua estante trasborde de livros...
Me sigam nas redes sociais:
Instagram: @laurinhalemos / Snapchat: lauralllemos / Twitter: @laurinhalemos